Escritores da Liberdade: como mudar a escola, os alunos e os professores

Assisti a um filme fantástico esta semana.

Confesso que gosto, de vez em quando, de assistir a filmes sobre profesores, dia-a-dia da escola, alunos difíceis, coisas e tal para poder me inspirar, respirar e pegar fôlego.

De um filme destes sempre saio mais esperançoso e cheio de idéias.

Fico até mais calmo em sala!!!

Afinal, se a arte imita a vida, o contrário há de ser verdade! – ao menos em alguns casos…

Obviamente não naqueles que têm dragões voadores, políticos honestos, bruxas voando em vassouras, polícia que não é assassina ou coisas do gênero…

Este filme “Freedom Writers” tem a vantagem de ser baseado em uma história real, o que faz com que seja ainda mais emocionante e estupefator.

Começa com uma pobre coitada moça que vai começar sua carreira de professora numa escola com umas turmas bem barra pesada.

Obviamente – como de praxe no nosso meio de “colegas” corporativistas que pensam muito um nos outros – dão a ela a “pior” turma, a dos que entraram na Escola Modelo pelo programa de integração.

E nós sabemos como são feitas essas integrações… jogam todo mundo no mesmo lugar e dizem: “integrem-se!”.

Tentando fazer algo – e sendo rechaçada todas as vezes – ela acaba vendo que a vida dos alunos (daqueles alunos) não vale nada; muitos morrem, muitos têm muitos amigos que morreram, muitos não têm perspectiva nenhuma de vida, muitos vivem numa verdadeira guerra – de gangs.

Essas guerras matam mais que as guerras.

Qualquer semelhança é mera coincidência, ok? Mas deve ser duro viver num país assim né? Quanto mais dar aulas num lugar desses…

Mas então ela tem a grande sacada! Compra um caderno para cada um e os faz escrever um diário.

Isso muda tudo.

Ela os faz ler.

Não vou contar o filme todo, lógico, mas chega-se ao ponto de os diários deles se tornarem um livro, publicado e sucesso de vendas.

Eles têm hoje uma fundação com este nome – Freedom Writers Foundation.

Veja um artigo, uma outra opinião e mais uma.

Vá até a locadora, pegue uma cópia e divirta-se.

Se for passar para os alunos – o que recomendo e farei em breve, não esquça de pegar dublado.

10 comentários sobre “Escritores da Liberdade: como mudar a escola, os alunos e os professores

  1. Boa “sacada”!… A maior parte das pessoas nunca se dá conta que “aquele FDP desgraçado que quer me prejudicar” acha a mesma coisa de você. “Quebrar o gelo” é sempre um passo importante.

    (Mas – muito cá entre nós – eu suponho que essa professora jamais tenha se tornado popular entre seus “colegas” …)

  2. Comprou muita briga, claro!

    Mas se se tornou popular entre os colegas ou não, azar de quem não gostou né?

    Competência dela.

    Sabemos como são as pessoas…

    Abraços.

  3. Já assisti a este filme e realmente ele é ESPETACULAR….
    A garra desta jovem professora nos encoraja a continuar na luta por uma educação de qualidade, não importando a classe social ou econômica de nossos alunos….
    É um filme para ser revisto sempre que o desânimo quiser se achegar ao nosso dia-a-dia profissional e até mesmo pessoal….
    Abraços….

  4. Realmente, este filme deve ser assistido por nós,não só uma mas várias vezes, para renovar às forças e vontade de querer seguir. Acho que preciso rever o furor pedagógico de anos atrás. Me encontrei no filme e acho que é a nossa escola, nós estamos lá na tela, e aqui na dura realidade do dia-a-dia. Valeu!

  5. Opa, cá estou de novo! Esse filme é ótimo! Trabalhei com ele nas minhas turmas de pedagogia. Assista também O Triunfo.

  6. Olá
    Achei o filme fantástico !!!Primeiro assisti todo em Inglês, ai chegando em casa o meu filho havia me indicado o mesmo filme!!!!
    Assim assisti o filme novamente e resolvi passar nas oitvas e ensino médio da escola que acabara de entrar como vice diretora pois é uma região muito perigosa de Sampa.
    Os alunos assistiram e gostaram muito, professores da época fizeram um diário com fotos e relatos da escola.Foi marabilhoso e hoje faz parte do projeto pedagógico da escola.
    Assim , estamos realizando alguns trabalhos após assistir ao filme.
    Sei o quanto ele é importante para alunos e professores pois precisam melhorar a autoestima de ambas as partes,os alunos irão apresentar os diários com relatos da vida cotidiana ,escolar, fotos e enfim o que o filme representou para eles e para mim que estou com eles há 04 anos.!!!!

    • Oi Nery,

      Que bom. Trabalhos assim são importantes.

      A escola burocrática, com cadeiras, livros e quadro cansa e estressa alunos e professores.

      Continue.

      Abraços,

Os comentários estão encerrados