Educação vem de berço, da família… a escola só complementa

Educação vem de berço, da família… a escola só complementa

Família

Lembro que meu avô, pai de minha mãe, deu uma pilha de notas – que na época eram… não sei, não me lembro, mas acho que eram Cruzeiros – para meu irmão contar.

Lembrança vaga, de quando eram somente eu e meu irmão mais velho, bem crianças.

Eu brinquei dizendo pro meu avô: “Cuidado, vô, senão ele pode pegar algumas…”, algo assim, rindo.

Meu avô me deu uma bronca dizendo (não lembro as palavras exatas): “Não fale isso nem de brincadeira!”, ríspido, “Isso não se faz, é errado e ele nunca faria!”.

Meu avô morreu quando eu tinha 14 anos, mas isso ficou na minha cabeça, lá se vão mais de 3 décadas do ocorrido (só de curiosidade, hoje eu tenho 41).

Sempre que algo acontece em que esta lembrança seja importante, ela vem à mente, submergindo de seu passado distante.

Quem me ensinou honestidade, caráter, bom senso, o valor dos estudos, foi minha família.

Claro que aqui e ali tive momentos para repensar, momentos nem tão “dignos” em família – mas momentos que servem para “testar” os ensinamentos.

E é claro também que a escola teve sua parte, importante, de coadjuvante. Tive professores e amigos que me deixaram grandes exemplos.

Como conciliar, hoje, este equilíbrio entre família e escola com nosso público discente?

Em A importância da educação familiar eu já dei uma pista do que imagino ser uma das funções da escola.

Alguém tem ideia diferente?

E… alguém tem ideia de quem seja eu, na foto de abertura?

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
Filho, neto, sobrinho, irmão, primo

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

No Diário do Professor você encontra artigos e links sobre o dia-a-dia da Educação:

Planos de aula, Atividades, Práticas, Projetos, Livros, Cursos, Maquetes, Meio Ambiente… e muito mais!

Compartilhe!