Nova colunista do Diário: Giseli Brum

A Giseli Brum trabalha comigo na escola do Rio.

Sempre a achei meio maluquinha e, depois a conhecer melhor, tive certeza! Talvez por isso seja uma ótima professora, porque não dá pra ser tão normal nessa profissão… rs.

Ela é professora de Educação Física, mas não joga a bola na quadra e diz “se virem”, indo muito além com as possibilidades desta disciplina.

É, assim como tantos outros que eu conheci, cuidadosa nos conteúdos de sua matéria – diferentes jogos, suas regras, etc. –, mas também dedicada a fazer com que a Educação Física seja, para os alunos, mais do que jogar bola.

Sim, é difícil.

Mas a atenção e o cuidado com o corpo; o trabalho cooperativo com os colegas; a disciplina que se deve ter em qualquer esporte; conteúdos paralelos e importantes que podem ser trabalhados em conjunto, tudo isso vem à tona em sua aula.

Vejamos a Giseli pela Giseli:

Meu Nome é Giseli Brum, sou professora de Educação Física, uma matéria tão simples, assim dizem os nossos colegas de outras disciplinas, mas que tento torná-la cada mais importante para os meus alunos.

Estou no magistério há 20 anos trabalhando em 3 lugares diferentes vivendo realidades diferentes, uma escola particular da zona sul e duas prefeituras: Rio de janeiro e Duque de Caxias. Essas realidades me trazem muitos conflitos, dúvidas e incertezas.

Gosto muito do que faço: estudo e pesquiso, penso que cada dia aprendo um pouco com os meus colegas, com os meus alunos e com as situações vividas nas escolas. Procuro fazer das minhas aulas momentos de reflexão sobre vários assuntos e, quando convidada pelo Declev, pensei numa grande oportunidade de trocar reflexões e desabafar um pouco aquilo que sinto com relação ao sistema (capitalista), que sei que estou completamente mergulhada.

Vamos a essa oportunidade e desafio. Um grande desafio para mostrar que os professores de educação física pensam, pensam muito.

Obrigado, Declev.

Giseli.

Eu é que agradeço e tenho certeza que será mais uma a engrandecer as discussões deste espaço.

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira
[Confesso: detestava Educação Física…]

4 comentários sobre “Nova colunista do Diário: Giseli Brum

  1. Bem vinda, Giseli!!!!
    Acho a Educação Física subestimada e desvalorizada INJUSTAMENTE! Que bom que vc veio pra cá, pra trocar com a gente!!!! E é mais uma mulher pra me fazer companhia nesse grupo em que, até agora, eram só homens e eu!…rsrs
    Beijão,
    Regina Milone.

  2. Diferentes realidades e conflitos… É realidade de todos nós, os professores,né?

  3. Eu também estou no magistério há quase vinte anos, esse ano ftuei na Educação Infantil, mas amo trabalhar com educação física, e estou cursando pra num futuro próximo atuar com mais preparo, e também vejo a questão da bola um caso sério, pois dei aula de educ, física para uma turma do 4 º ano, e quando eu os levava pra fazerem outras atividades alguns não gostavam, porque nos anos anteriores os outros colegas não faziam nada mais a não ser jogo de bola no pátio ou na quadra, e eu como sempre fui apaixonada por esporte quero que els façam o mesmo que eu, quando aluna, eu tive um professor que era sensacional, fazia de tudo e me despertou o amor e o prazer pelas práticas esportivas, e vejo a principio rejeição, mas depois a participação, porque se nós não incentivarmos e mostrarmos na prática e estarmos juntos com eles, muitos não participam nem das aulas. Gostei de saber que tem alguém como eu que ve além dos olhos, não só bola e sim muitas outras práticas, parabéns que continue sempre assim, fomentando novas ideias.

Os comentários estão encerrados