Bombas de efeito imoral

O Estado do Rio de Janeiro apagou as luzes do saber nas últimas semanas. Vestidos de preto em sinal de luto (entenda como substantivo e verbo!), professores das Redes Municipal e Estadual do Rio deixaram suas casas e seus trabalhos para reivindicar uma educação pública de qualidade. A causa de toda a manifestação popular carioca […]

Continuar lendo


“o avesso do real”

            acho que mereço o mundo ao avesso do fim pro começo, sem lenço, sem endereço… pelo conformismo, pelo machismo, pelo canibalismo que vejo pelas esquinas e não faço nada, pela madrugada inescrupulosa, pela estrada tortuosa, pela menção honrosa que recebi pelo meu belo trabalho… tô cansado pra caralho pra […]

Continuar lendo


Será que o TDAH existe?

Primeiro vejamos o significado da sigla: TDAH = Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade. Lendo mais um excelente texto sobre isso – http://equilibrando.me/2013/05/21/o-tdah-existe/ -, refleti, de novo, sobre essa questão: será que o TDAH existe? Um dos trechos mais verdadeiros no texto, em minha opinião, é: “Portanto, a resposta à pergunta: “Será que o […]

Continuar lendo


“o aguadeiro”.

  o aguadeiro anuncia a chegada, derramando sobre nós, anéis do tempo e espirais de espaço,,, bailam no ar ecos luminosos e multicoloridos, informando a transformação pós contemporânea em forma de outdoores,, de quando em vez o aguadeiro provoca enchentes catastróficas sobre cabeças ocres, sararás, chocolates, pretas,,, sobre a vil cidade também desabam boas novas: […]

Continuar lendo


“tarde?”

depois, não me venha reclamar da falta de memória, da infância inglória, da vitória não reconhecida no jogo lasso da vida, são marcas de um tempo em que já era permitido a ousadia, a rebeldia, agora é tempo de ética, de estética refinada, o tempo de vigília já passou, é hora do fazer, do agir, […]

Continuar lendo


Capacitação para os “incapazes”

                  De vez em quando recebemos notificações nas escolas sobre cursos de capacitação para professores.  Isso me incomoda um pouco porque parece que somos incompetentes, incapazes. Levando em conta o diploma que temos, creio que mais incompetentes que nós são as Universidades que nos formam. Sabe-se que o professor deve estar constantemente se atualizando […]

Continuar lendo