Absurdos da educação brasileira

————————————————————————————— 

Vou tentar ser rápido.

Governo do Estado compra 31 mil (trinta e um mil) computadores para uso dos professores e irá comprar mais 18 mil (dezoito mil).

Diz a própria notícia e também o jornal O Globo (26/02/08, p.20), que o computador, um pentium 4, custou R$ 1.903,00 cada um e o custo do projeto será de 70 milhões.

As contas não batem, mas isto não importa. O que importa são os absurdos desta notícia. Por mais que tenha benefícios a entrega de 31 mil (trinta e um mil) computadores a professores, ficam inúmeras perguntas e questionamentos e dúvidas e argumentações…

a) dinheiro retirado do Fundo estadual de Combatre à Pobreza;

b) o professor deve ter a capacidade de comprar e utilizar seu próprio computador;

c) se a questão era facilitar o acesso à tecnologia, uma linha de crédito sem juros seria suficiente;

d) o salário que é bom, uma merda;

e) preço unitário de R$ 1.903,00 cada um!?!?!? Putz, não acredito que ninguém vá preso por isso! Se você for comprar um único, unzinho só, com as especificações dele encontrará mais barato. Veja só. Uma amiga que já o tem em mãos me disse que tem 512 MB e 80gb.

f) com 70 milhões colocar-se-ia, por exemplo, um data-show e notebook por escola, para que se pudesse dar aulas utilizando um recurso que, no mínimo, é mais interessanbte para pos alunos;

g) com todo mundo sabendo agora que professor tem notebook, quem se responsabiliza se eles forem roubados? Quem dá segurança aos professores nas escolas – reféns de todo tipo de violência?

h) o professor leva o computador pra casa e leva pra escola? Como nunca se trabalha num lugar só e nem todos têm carro, leva-se de ônibus de um lugar pro outro?

i) e manutenção pra isso tudo – apesar de apontar a empresa “vencedora” para esta função – se nem as salas de informática das escolas têm manutenção adequada (como já apontamos);

j) se o professor achar algo interessante lá para suas aulas, roda no mimeógrafo da escola?

l) etc.

Farra com dinheiro público, mais uma vez.

Muito possivelmente resultados inócuos, mais uma vez.

São só indagações de indignações. Mais uma vez.

——————————————————————————-

Dindin:

 

 Se você não é professor do Estado, use seu salário – que deve ser melhor do que o deles – e compre o seu próprio notebook! Já vi os preços, no BuscaPé.

———————————————————————————

4 comentários sobre “Absurdos da educação brasileira

  1. Descobri endereço hoje. Estou achando muito interessante. sou formada em Geografia, trabalho com Geografia e sociologia. Tenho certeza que os conteúdos discutidos aqui vão enriquecer meus trabalhos. Sem falar que é um espaço que podemos interagir.
    Nesse momento tenho um assunto sério que está polemizando aqui em minha cida (Guanambi Bahia). Está candidato um cidadão que é encostado pelo inss por desequilibrio psicológico. O mesmo está entre os primeiros nas pesquisas (voto de protesto). Isto é uma resposta que o povo dá a forma que os políticos administram uma nação.

  2. Oi Graça,

    Seja bemvinda, espero que o saite te ajude. Se precisar de algo, me escreva.

    E quanto ao que está acontecendo na sua cidade, é um processo bem interessante.

    Ele é encostado por desequilíbrio, mas muitos políticos por aí são acusados de corrupção e também estão em primeiro nas pesquisas…

    O que é pior??

    Abraços.

Os comentários estão encerrados